Hospital da Mulher dá início a ações de humanização do Outubro Rosa

O Hospital da Mulher, localizado no Largo de Roma, em Salvador, deu início, na última semana, às ações de humanização voltadas a campanha do Outubro Rosa, mês de conscientização sobre o câncer de mama.
Na quinta-feira (4), pacientes que aguardavam atendimento ambulatorial tiveram um dia de autocuidado e beleza com a ação ‘Beleza nos detalhes’. “Estou me sentindo maravilhosa. Maquiagem é tudo de bom para o nosso astral e autoestima”, revelou a paciente Doralice Oliveira, 52 anos, após aperfeiçoar suas técnicas de maquiagem. “Estou achando a iniciativa ótima porque eu, que já sou vaidosa, posso ficar mais bonita ainda”, brincou dona Elza Maria, de 71 anos.
Na sexta-feira (5), foi a vez da paciente do Hospital da Mulher, Katussia Almeida, palestrar, contar sua história e motivar outras mulheres a superarem o câncer de mama. “Estar aqui hoje no Hospital da Mulher, para mim, representa um recomeço. Saio daqui fortalecida e entendendo que hoje nós temos uma casa de referência para cuidar de todas nós; das mulheres ribeirinhas, do sertão, e de toda a região do estado da Bahia”, contou Katussia, que aconselhou: “O importante é estar viva, ter força e fé para seguir”.
Pacientes, acompanhantes e colaboradoras também participarão de ações educativas com divulgação de material informativo sobre o que é o câncer de mama, as formas de preveni-lo e de tratá-lo. As ações seguirão durante todo o mês de outubro.
Consultas
Como parte da programação do Outubro Rosa, o hospital também promoverá, no sábado (20), a partir das 7h, uma triagem para realização de consultas de mastologia. Cerca de 250 pacientes serão contempladas e receberão atendimento ainda no mesmo dia. As mulheres que não forem atendidas durante o período serão cadastradas para serem atendidas posteriormente nos meses de outubro e novembro. Ao todo, 500 pacientes serão contempladas com o serviço.
Para ser atendida, a paciente deve comparecer à unidade munida de RG, comprovante de residência e cartão do Sistema Único de Saúde (SUS). É obrigatório apresentar a requisição (guia do SUS) para consulta com profissional da mastologia ou ultrassonografia e/ou mamografia indicativa de suspeita de lesão cancerígena (BIRADS 4, 5 e 6).

Fale Conosco

Rua Lucaia, Edf. Professor Jorge Novis – Sobreloja, Sala 501, n° 337, Rio Vermelho – Salvador, Bahia