Hospital da Mulher participa de oficina da Agenda Proteger e Cuidar de Adolescentes promovida pela Sesab

O AME, serviço de atenção às mulheres e adolescentes expostas à violência sexual, localizado no Hospital da Mulher, foi representado, na tarde desta quarta-feira (19), pela médica e coordenadora do serviço, Jamile Almeida, na capacitação sobre saúde de adolescentes promovida pela Diretoria de Gestão do Cuidado (DGC) da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), através da Área Técnica de Saúde de Adolescentes e Jovens.

Realizado na Escola Estadual de Saúde Pública nos dias 18 e 19 de setembro, o evento fez parte das ações de implementação da Agenda Proteger e Cuidar de Adolescentes e foi voltado para os três municípios do estado envolvidos na estratégia: Salvador, Camaçari e Lauro de Freitas.

A oficina teve como um dos objetivos proporcionar um espaço de qualificação dos profissionais de saúde, de forma a aperfeiçoar suas habilidades e assegurar a melhoria da qualidade da atenção à população adolescente.

Durante a tarde, os profissionais participantes puderam entender a dinâmica do serviço AME, assim como tirar dúvidas a respeito do fluxo de acolhimento. “Fiquei orgulhosa pelo reconhecimento do nosso serviço e do nosso trabalho pelos municípios participantes. Esta foi uma oportunidade de disseminar conhecimento e de possibilitar a melhoria ao acesso e tratamento das adolescentes em situação de violência, além de opções de manejo mesmo em unidades não especializadas”, afirmou Jamile.

“Considero de muita relevância a participação do serviço AME no evento para qualificação da atenção a adolescentes em situação de violência, pois verificamos muita dificuldade das unidades de Atenção Básica em manejar casos de violência sexual, inclusive no conhecimento sobre o serviço e das formas de acessá-lo”, pontuou Andréa Antunes, facilitadora da capacitação e integrante da Diretoria de Gestão do Cuidado.

AME

O serviço AME presta atendimento 24 horas por dia, durante os sete dias da semana, a mulheres e adolescentes a partir de 12 anos que foram expostas à violência sexual. Composto por uma equipe multiprofissional com médicas, enfermeiras, farmacêuticas, assistentes sociais e psicólogas, o AME acolheu, desde a sua inauguração, em janeiro de 2017, mais de 250 mulheres e adolescentes.

O serviço atua em parceria com o Ministério Público, o Instituto Médico Legal (IML) e a Secretaria de Políticas para as Mulheres do Estado (SPM-BA), além de conselhos de saúde regionais.

Para ser atendida, basta comparecer à unidade através da chamada ‘porta aberta’, que abrange toda a demanda espontânea do serviço, através de órgão judicial e policial ou ainda referenciada pela Central de Urgências do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Agenda Proteger e Cuidar de Adolescentes

A Agenda Proteger e Cuidar de Adolescentes constitui uma estratégia abrangente para a ampliação do acesso, da qualificação das ações de saúde integral de adolescentes e da garantia de direitos que têm, como objetivos principais, qualificar as ações de proteção e promoção da saúde sexual e de saúde reprodutiva.

Também são questões-chave o crescimento e desenvolvimento, assim como identificação e organização da rede de atendimento à adolescentes vítimas de violência, além do fortalecimento da linha de cuidado integral, de forma que possa ampliar e fortalecer as redes intra e intersetoriais na Atenção Básica.

Fale Conosco

Rua Lucaia, Edf. Professor Jorge Novis – Sobreloja, Sala 501, n° 337, Rio Vermelho – Salvador, Bahia