Pacientes oncológicas do Hospital da Mulher participam de sessão de cinema durante quimioterapia

Ser transportada para a telona e mergulhar na história exibida fez da sessão de quimioterapia realizada pela paciente Elenilda Pereira uma experiência única. Além da possibilidade de se distrair durante a quimioterapia, a ocasião permitiu que Elenilda tivesse o primeiro contato com o cinema, mesmo o não-tradicional.
“Essa foi a minha primeira experiência com uma sessão de cinema; estou achando ótimo, porque eu estava bastante ansiosa e agora acalmei. É muito bom para a gente”, contou Elenilda, que se divertiu com a exibição da comédia ‘Minha Mãe é uma Peça’.
De acordo com a coordenadora do Serviço de Psicologia do Hospital da Mulher, Mariana Britto, a sessão de cinema promovida pelo Serviço de Oncologia do Hospital é mais um recurso que entra no fortalecimento do cuidado com as pacientes. “Pode inclusive ter um efeito terapêutico, já que ajuda a relaxar e distrair as pacientes no momento da quimioterapia”, afirmou Mariana.
A paciente Lourdes de Jesus Cerqueira revelou nunca ter visto algo parecido em uma unidade de saúde. “Foi a primeira vez que vi uma sessão de cinema em um hospital. Até pipoca teve! Eu adorei, porque a mente da gente para um pouquinho e se distrai”.
Humanização
A humanização no cuidado às pacientes é um dos pilares do Hospital da Mulher. Durante todo o ano, através da Comissão de Humanização, a unidade promove práticas integrativas, ações de saúde, beleza e bem-estar. Este mês, devido à Campanha Outubro Rosa, as práticas têm sido intensificadas com rodas de conversa, palestras informativas e outras atividades. “É uma forma de chamarmos a atenção para esta causa tão importante, que é a conscientização e prevenção ao câncer de mama”, pontuou a coordenadora de enfermagem do Serviço de Oncologia Clinica, Milena Durães.

Fale Conosco

Rua Lucaia, Edf. Professor Jorge Novis – Sobreloja, Sala 501, n° 337, Rio Vermelho – Salvador, Bahia